5 Formas de rememorar experiências fora do corpo

20:26:00 Administrador 0 Comments



Segundo a Projeciologia, que é a ciência que estuda as experiências fora do corpo, existem diversas técnicas que auxiliam nos momentos onde após acordar a rememoração não vem de forma nítida e ostensiva. Infelizmente nem todas as vivências extrafísicas, por mais lúcido que se esteja no momento, acabam sendo recordadas.

Acordou e não veio nenhuma memória?
Quer recordar?

Segue abaixo 5 técnicas, fora outras existentes, que ajudam nesse processo logo ao despertar no leito físico:


1. Não se mexer.

Ao acordar o ideal é permanecer imóvel na posição que estiver. A imobilidade do corpo físico atua de modo a preservar a continuidade mnemônica (ou da memória). O hábito moderno de acordar com o despertador e rapidamente se movimentar para desligá-lo é péssimo quando se trata de projeção. Movimentos leves e vagarosos, quando necessários, são melhores que atitudes bruscas e assustadas.

2. Virar a cabeça.

Ao virar a cabeça para um lado, ainda mantendo o corpo imóvel, se possível, pode ajudar na busca por cenas ou fragmentos do que foi vivenciado. Esse movimento lateral atua de alguma forma no cérebro físico que predispões a retomada das lembranças que não vieram nitidamente. O ideal é virar a cabeça apenas uma vez ao invés de fazer isso sequencialmente.

3. Buscar o "fio da meada".

Ao caçar uma memória projetiva fique atento as mínimas impressões de tido tipo, ou seja, visuais, olfativas, auditivas e assim por diante. A primeira recordação serve como o "fio da meada" que serve para "puxar o rolo" das demais recordações. É comum alguém que acordou sem memórias conseguir através das primeiras memórias trazer todo um contexto enorme de rememorações projetivas. Há recordações que vem com esforço.

4. Pulsar o frontochacra.

Outra forma para estimular a rememoração é pulsar as energias do frontochacra, jogando-as para fora e puxando para dentro em um ritmo cadenciado. Uma ativação mais intensa desse vórtice promove uma melhoria das conexões cerebrais e paracerebrais relacionadas as vivências em geral. Naturalmente, uma personalidade com o frontochacra ativo e vigoroso tem a tendência de ter melhores recordações de um modo geral.

5. Estimular o frontochacra com o dedo.

Outra opção além de mexer as energias no frontochacra é estimulá-lo com o dedo de modo sutil e agradável no intuito de uma ativação manual, por assim dizer. Essa pressão leve também auxilia na rememoração além de trazer leve bem estar momentâneo. O jeito mais eficiente de estimular desse modo é encontrado depois de várias tentativas.

A falta de interesse em recordar é uma causa séria para o insucesso projetivo.

Está tendo dificuldades em recordar? Que tal aplicar essas técnicas e ver o que acontece?




**Quer saber mais sobre esse tema? Então leia e faça cursos de Projeciologia.



Este texto traz apenas informações básicas.
Estude! Se aprofunde mais no assunto!
E não acredite em nada. Experimente!

Por Alexandre Pereira.


** Não entendeu alguma palavra? - GLOSSÁRIO.

0 comentários: